top of page

Implantada mão única em trecho da Av. Heliodoro de Barros, frente à Escola Soraya; diretora agradece



O trecho da Avenida Heliodoro de Barros em frente à Escola Soraya Saiva Vilela, no Setor Sonho Dourado, funciona agora com mão única para a circulação de veículos. Na última quarta-feira, 09, a diretora da instituição, professora Gleycy Mesquita, usou a tribuna da Câmara de Vereadores de Jussara (GO) para agradecer a aprovação do Projeto de Lei nº 023/2021, de autoria do vereador Doraino Barbosa, que estabelece tráfego de veículos em sentido único no trecho em questão.


“Nós queremos, em nome da equipe da Escola Soraya, externar a nossa gratidão”, disse a diretora ao apresentar as dificuldades no tráfego nos horários de pico, quando começam ou terminam as aulas. A escola tem 340 alunos matriculados e a movimentação de veículos de pais e ainda o transporte escolar, provocam congestionamento e confusão no trânsito, já que na avenida, que é estreita, é permitido o tráfego em duas vias.


O vereador Cloves do Militão, presidente da Câmara, enfatizou a importância do uso da tribuna pela diretora da unidade escolar, declarando que "pouca gente tem coragem de vir aqui usar a tribuna, a tribuna é do povo.” Além de Militão, a ação também foi ovacionada pelos vereadores Thiago Carvalhaes, Adenilson Parente, Eliene Arraes, Chiquinho da Nova Jussara, Rock Lany, Juesmar Camilo e Doraíno Barbosa.


Além de amigos da instituição e comunidade jussarense, estiveram presentes também: a coordenadora pedagógica da escola em questão, professora Carina Leal; a coordenadora do AEE, professora Cleia Alves; a coordenadora pedagógica, professora Edir Alves de Oliveira; a coordenadora de turno, professora Helenita Oliveira; e, como mencionado, a diretora da instituição, professora Gleycy Mesquita. Ambas representaram gestores, professores, servidores, pais e alunos da Escola Municipal Soraya Saiva Vilela na sessão ordinária da Câmara no momento de gratidão pela solução do problema apresentado. O projeto de lei aprovado segue agora para a sanção da prefeita Idali Bontempo.

0 comentário
bottom of page